Você já pensou que seus pais ou avós podem sentir dores 24 horas por dia?

Infelizmente na terceira idade o processo de desenvolvimento produz intensas artroses, artrites, hérnias discais, acarretando intenso sofrimento.

No projeto Cuidar dos Pais em Casa visamos as melhores estratégias para lidar com este problema e aliviar o sofrimento dos nossos queridos pais e avós. Descubra abaixo o que você pode fazer para ajudá-los.

Em primeiro lugar saber quais são as características da dor: se aguda como pontada, agulhada, perfurante ou crônica como choque, queimação. Também saber ela é leve, moderada ou intensa, contínua ou intermitente e especialmente, quais os fatores que a aliviam e melhoram.

O segundo ponto é observar se ocorrem outros sintomas além das dores, como insônia, perda de apetite, isolamento social e quadros depressivos, o que indica um maior agravamento. Isso devido a importantes alterações orgânicas, de modo que além do sintoma da dor, a dor crônica passou a ser considerada doença.

Você, filho ou neto responsável, deve procurar identificar as possíveis causas da dor que os acometem, sabendo que na terceira idade a artrite reumatoide, câncer, diabetes, fibromialgia, dor de cabeça e hérnias de discos são comuns. Importante iniciar o mais rápido possível o tratamento.

Aliviar totalmente a dor será o caminho mais rápido para restabelecer no seu querido idoso o bom sono, o retorno do apetite, a saída do isolamento, a melhora da depressão e especialmente o sorriso no rosto.

Aprenda as causas de dores nas articulações e que atitudes tomar para amenizá-las no vídeo abaixo.

People photo created by freepik – www.freepik.com

Compartilhar: