Nem sempre um alimento que ingerimos nos fará sempre bem, alguns podem produzir reações alérgicas, que podem ser fatais. São comuns casos de alergias em jovens e idosos por ingestão de alimentos industrializados com aditivos.  Para evitar estas reações em idosos e não precisar ir às pressas ao pronto socorro, é importante ficar atento ao que eles ingerem

Confira a seguir alguns alimentos:

Uma das causas mais comuns de reações alérgicas graves pode ser pela ingestão do amendoim. Os sintomas mais comuns são rinite, reações na pele, formigamento na boca e garganta, falta de ar e problemas digestivos. 

Ovos podem causar alergias, geralmente leves, mas desagradáveis sintomas como congestão nasal, vômito. Quanto mais cozido for o ovo, menor a probabilidade de gerar uma reação alérgica. 

Muitas vezes na terceira idade, mesmo após décadas tomando leite, alguns idosos desenvolver alergia a ele, seja de vaca, cabra, ovelha e da própria mulher. Os sintomas são variáveis, desde leves a graves: coceira e inchaço na boca bem como dificuldade em respirar e vômito. Os derivados de leite podem ser perigosos também. 

Os sintomas de alergia a glúten incluem inchaço abdominal, náusea, vômito, gases, constipação e diarreia. 

A ingestão de frutas secas é mais comum em dezembro. Nozes, pistache, avelã, castanha de caju e até sementes de girassol podem produzir alergia pela reação às proteínas que contêm essas frutas. Essa alergia tende a persistir uma vez que se manifesta e é raro que desapareça ao longo dos anos. 

Alérgicos a soja devem se manter atentos ao ingerir produtos processados. Sintomas como urticária, coceira na boca, pele vermelha, dor abdominal e inchaço. 

Uma pessoa que é alérgica a peixes, como atum ou salmão, não é necessariamente alérgica a mariscos (cujas reações podem ser muito graves ou fatais e é uma alergia que geralmente é mantida por toda vida). Mesmo assim, a recomendação para o alérgico a um tipo de peixe seja a de não comer peixe em geral, é possível ser alérgico a um tipo e não a outro. Os sintomas geralmente são leves, com vômitos e diarreia, mas podem levar à morte. 

Realizar teste para detecção de alergias com um alergologista (alergista) ou dermatologista é recomendável, e usar uma pulseira explicando sua condição, para um momento de crise grave. 

Asma, rinite, tosse, alergias na pele, interações medicamentosas. Saiba mais sobre processos alérgicos em idosos no vídeo abaixo:

Cartoon vector created by vectorjuice – www.freepik.com

Compartilhar: