A rotina e organização sempre facilitam boa parte nossa vida e evitar maiores estresse. Isso é muito importante quando estamos responsáveis em acompanhar um ente querido da terceira idade que está em tratamento de quimioterapia devido a um tumor. Por exemplo, quando vamos a uma consulta médica, temos que nos organizar para a data, o horário, o local, e não esquecer de informar todas as situações que nos levaram a ela. Sair às pressas, nunca é bom! Especialmente, quando o paciente está debilitado. 

Veja a seguir algumas orientações para filhos e netos incentivarem e orientarem seus idosos que estão em tratamento de quimioterapia ou antes de ele começar.

1) Sono 

É importante dormir bem e repousar, principalmente após receber a aplicação do remédio. Um corpo descansado responde melhor ao tratamento e ajuda a reduzir os efeitos colaterais desagradáveis que ele pode causar. Dormir mais cedo é incentivado. 

2) Remédios 

O paciente idoso normalmente poderá ter dificuldades em informar ao médico quais são os medicamentos que já faz uso para seus problemas de saúde. Levar ao médico uma lista pronta ou receitas ou mesmo as caixas facilita e evitará interações entre os remédios

3) Bebidas alcoólicas 

É proibido tomar bebidas alcoólicas dias antes e após a aplicação da quimioterapia, especialmente quando tem associação com antibióticos e tranquilizantes. 

4) Queda de cabelos 

Caso ocorra queda dos cabelos, é importante saber que ele voltará a crescer quando acabar o tratamento, ou até antes. Uso de bonés, perucas e lenços podem ajudar na autoestima. 

5) Tratamento dentário 

Idosos apresentam dentes mais frágeis, escuros e muitas vezes quebradiços, necessitando de tratamento odontológico. Entretanto, quando na vigência de quimioterapia, o médico deve ser consultado e autorizará ou não sua realização. 

6) Atividades sexuais 

Idosos em tratamento com a quimioterapia que têm atividades sexuais podem fazê-las normalmente. 

7) Barba e unhas 

Idosos que gostam de ir ao barbeiro para fazer a barba com navalhas não devem fazê-lo, pois há risco de corte. O uso de barbeador elétrico é preferível. Quanto aos cuidados com as unhas, também é importante ter muito cuidado para não se cortar.  

O corpo está mais fraco, imunidade mais baixa, e cortes podem mais facilmente resultar em infecções. 

Aprenda mais sobre quimioterapia e dicas para quando precisar fazê-la no vídeo abaixo: 

Woman photo created by freepik – www.freepik.com

Compartilhar: